fbpx

AUXÍLIO BRASIL – Aprovado a Lei! e Calendário de Pagamento 2022

Publicidade

Empresários de 17 setores produtivos aguardam a sanção presidencial da lei que prorroga a desoneração sobre a folha de pagamento até 2023.

Por meio de uma transmissão ao vivo pela internet o presidente confirmou que deve sancionar a lei nesta sexta-feira o impacto da medida em 2022 será de cerca de oito bilhões de reais aos cofres públicos, havia um impasse porque esse valor não havia sido previsto no orçamento.

Publicidade

A equipe econômica buscava uma forma de compensar esse custo, uma das saídas seria prorrogar o aumento do IOF que teve a taxa elevada em setembro para cobrir despesas do auxílio Brasil e voltaria ao patamar normal a partir de janeiro.

Durante esta transmissão, o presidente anunciou o novo valor do salário mínimo para 2022 que vai passar de R$1.100,00 para R$1212,00, um reajuste de pouco mais de 10%.

Nesta quinta-feira também foi sancionada a lei que cria o Auxílio Brasil!

O auxílio Brasil substitui o bolsa família que durou 18 anos. 

O auxílio Brasil substitui o bolsa família que durou 18 anos. 

Publicidade

A parcela do próximo mês já tem data definida para 14 de Fevereiro.

auxilio brasil calendário 2022
Pagamentos serão em toda terceira semana do mês

Os pagamentos durante todo o ano ocorreram na terceira semana de cada mês com exceção de dezembro quando o calendário será adiantado.

Todas as famílias receberam pelo menos até dezembro de 2022 no mínimo R$400 reais.

Dinheiro que faz muita diferença no orçamento de quem está sem emprego!

Através dele Estou Sobrevivendo!

Depoimento Real

Ajuda a levar alguma coisa para minha filha comer e não faltar.

Depoimento Real

Por quanto tempo ficará disponível o pagamento? Quem pode Receber o benefício?

As parcelas ficam disponíveis por três meses para saques e os valores podem ser conferidos no extrato de pagamento, poderão receber o auxílio:

Receber o Benefício Auxílio Brasil em 2022
  • Famílias em situação de pobreza com crianças e jovens de até 21 anos incompletos.
  • Mulheres que estejam grávidas ou amamentando e que recebam até R$210,00 mensais por pessoa.
  • Famílias na categoria de extrema pobreza não importando a composição familiar desde que cada integrante receba até R$105,00 por mês.

O governo anunciou que não vai conseguir pagar o reajuste do valor do auxílio Brasil retroativa a Novembro.

 Além disso, o presidente vetou o trecho da lei que proíbe a formação de fila de espera para ser beneficiado pelo programa, já que segundo ele isso depende de novos recursos no orçamento.

Mesmo assim, o Ministério da Cidadania informou que a aprovação da PEC dos precatórios deve permitir a inclusão de mais 2 milhões e setecentos mil famílias no programa já no começo do ano.

Publicidade

Em dezembro o auxílio foi pago para 14 milhões e meio de famílias

4.5/5 - (2 votes)

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest