Como se Cadastrar no Auxílio Brasil de 2023?

O AUXÍLIO BRASIL é o novo programa de transferência de renda do governo federal, o auxílio Brasil foi lançado em novembro de 2021, a medida vem para ajudar famílias carentes beneficiadas pelo Bolsa Família após o fim do auxílio emergencial.

De acordo com informações do governo o valor médio do benefício será de R$600,00 e com a proximidade dos pagamentos muitas pessoas estão em dúvidas sobre como se cadastrar no auxílio brasil.

Você sabe o que é o Auxílio Brasil? de R$400! Veja Aqui!

A porta de entrada para o programa é uma só, o CADASTRO ÚNICO. Ele é feito no centro de referência de assistência social (CRAS) ou nos postos de atendimento do cadastro único de cada município.

Com o atual governo, o programa voltará a se chamar Bolsa Família. O valor para 2023 é de R$600, com opção de acréscimo no caso de filhos pequenos, e será pago a partir de 18 de janeiro.

Serasa Limpa Nome – Saiba Tudo!

O cronograma segue as datas de pagamento de acordo com o último dígito do NIS (ID Número). Elegíveis são os brasileiros que vivem na pobreza e na extrema pobreza.

Nas próximas linhas você confere quem tem direito, como é o calendário e como será o Auxílio Brasil em 2023.

As regras para receber o Auxílio Brasil permanecem as mesmas até agora. O programa social é voltado para famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, cuja composição familiar inclua gestantes, lactantes, crianças, jovens e jovens de zero a 21 anos.

O programa atingiu 21,6 milhões de famílias com investimento de R$ 13 bilhões. No mês passado, o Auxílio Gás também foi desembolsado para 5,95 milhões de pessoas em um repasse de R$ 667,2 milhões.

Desde janeiro de 2022, mais de 8 milhões de beneficiários foram cadastrados no Auxílio Brasil. Todas as famílias estão em situação de pobreza ou extrema pobreza e estão regularmente cadastradas no Cadastro Único.

A matrícula no antigo Auxílio Brasil, agora Bolsa Família, ocorre após o registro no CadÚnico do governo federal. Depois disso, o Ministério da Cidadania avaliará os dados de quem pode receber o benefício.

No entanto, é possível fazer o pré-cadastro pelo aplicativo do Cadastro Único. Depois, o responsável tem até 240 dias para procurar o CRAS mais próximo e apresentar os documentos que comprovam a situação familiar.

Quais os documentos para se ingressar no cadastro único?

A inscrição no cadastro único deve ser feita pelo representante da família de preferência que seja mulher, durante a solicitação o representante familiar deve apresentar o seu:

  • CPF ou TÍTULO DE ELEITOR

E no caso das outras pessoas da família é exigido pelo menos um dos documentos a seguir:

  • RG 
  • CPF 
  • CERTIDÃO DE NASCIMENTO
  • CERTIDÃO DE CASAMENTO
  • CARTEIRA DE TRABALHO
  • TÍTULO DE ELEITOR

A representante familiar que vai comparecer ao CRAS deve levar pelo menos o CPF ou título de eleitor dela mesma, e de cada membro da família tem que levar pelo menos um desses documentos: RG, CPF, Certidão de Nascimento, Certidão de casamento, carteira de trabalho ou o título de eleitor.

E lembrando que quem não estiver no cadastro único não terá a chance de participar do auxílio Brasil!

Você passará por uma entrevista de cadastramento dentro do próprio CRAS depois que estiver tudo certo você receberá o NIS que é o Número de Inscrição Social.

Esse processo pode demorar até 48 horas ou seja para você receber o seu Nis.

E quem deve estar no cadastro único?

Devem se inscrever no cadastro único as famílias que ganham até meio salário mínimo, que hoje é R$522,50 por pessoa.

Ganham até três salários mínimos que hoje é R$3.135,00 reais de renda mensal total, ou seja a soma de todos os familiares. 

Tem uma renda acima dos valores acima, mas que recebam ou pretendam receber algum programa ou benefício que usa o cadastro único.

E além disso pessoas em situação de rua também devem se cadastrar independentemente da situação familiar.

Como consultar se você já está no CADASTRO ÚNICO? 

Depois de feita a inscrição no CAD único os inscritos podem verificar a situação do cadastro por meio dos seguintes canais:

Site do governo federal nós estamos deixando o link aí logo abaixo no campo de observações para este site!

Pelo aplicativo ”MEU CAD ÚNICO” que você pode baixar nas suas lojas pelo celulares Android ou iOs.

Central de atendimento da Caixa Econômica Federal que é responsável pelos repasses do Bolsa Família e futuramente também pelos repasses do auxílio Brasil o número é o 0800 707 2003 a ligação é gratuita de qualquer parte do país.

Quem não tem CPF pode receber os benefícios do programa Auxílio Brasil?

Para se qualificar ao programa Auxílio Brasil e receber os benefícios, o Cadastro de Pessoa Física (CPF) deve ser o principal meio de identificação do familiar responsável.

No entanto, também será possível utilizar o Número de Identificação Social (NIS) para identificar as famílias, mas apenas temporariamente.

O Ministério da Cidadania regulamentará a transição para a obrigatoriedade do uso do CPF.
O Sempre que possível, a mulher é a beneficiária preferencial do Auxílio Brasil e deve ser incluída no Cadastro de Solteiros como familiar responsável.

4.3/5 - (98 votes)

Posts Similares